Cidade de Americana

Trabalho de conclusão de curso realizado em 2014 para graduação em Design Gráfico pela FAAL (Limeira/SP).

{ Trabalho de Conclusão de Curso realizado ao longo de 2014 }

O projeto tinha como objetivo principal a criação de marca e identidade visual para a cidade de Americana (SP), que fosse capaz de promover sua imagem e seus valores.
 
 
__
Análise de dados e essência da marca
 
A partir da análise dos dados coletados – especialmente da história de Americana e de seus brasões – a ideia da essência da marca, do que ela deve representar e como representar foi tomando forma. 
 
O município foi concebido com muito trabalho e esforço de seus colonizadores desde sua origem. Foi a junção dos esforços dos imigrantes americanos, italianos e alemães, juntamente com a atividade têxtil (importante atividade econômica da cidade), que fizeram com que Americana progredisse rapidamente.
 
Com todos os valores percebidos, a essência da cidade foi encontrada na força de trabalho de seus habitantes e no resgate de sua história e raízes. Buscou-se então reforçar esta ideia de povo batalhador trazendo-a para o presente, incentivando os atuais habitantes de Americana a se espelharem no passado, para construírem o presente e futuro da cidade.
 
Em resumo:
Essência  =  força de trabalho + resgate da história + projeção dessa ideia para o futuro
 

__
Primeiros esboços
 
Tendo as palavras trabalho e têxtil em mente, e sabendo do papel que as três principais nacionalidades de imigrantes exerceram na cidade, a criação de símbolos que pudessem representar visualmente estas ideias resultou em alguns dos esboços representados abaixo:
 
Grupo 1: Primeiras tentativas de representação da atividade têxtil da cidade. O último símbolo do grupo foi reaproveitado para novas tentativas.
 
Grupo 2: Início dos testes utilizando o conceito de trabalho. Os hexágonos remetem a um favo de mel, reaproveitando-se dos símbolos utilizados nos brasões da cidade (abelha e colmeia). Busquei utilizar três hexágonos na composição do favo pois havia a necessidade de, de alguma maneira, representar as três principais nacionalidades que “construíram” Americana. A coroa retratada em dois esboços do grupo foi uma tentativa de representar o nome de “A Princesa Tecelã” pelo qual a cidade é conhecida.
 
Grupo 3: Surgiu com uma necessidade de conter e emoldurar as ideias alcançadas no grupo 2. Ao utilizar conceitos do brasão na criação de símbolos para o trabalho, a ideia de brasão estava implícita e surgiu naturalmente durante o processo de geração de ideias.
 
Grupo 4: Após alguns testes utilizando a ideia de brasão, foi pensado em usá-lo como uma representação contemporânea, uma releitura do brasão atual, sintetizada ao máximo, mantendo apenas símbolos que transmitam melhor a essência da cidade.
 
__
Marca final e algumas características
O símbolo final surgiu após alguns aprimoramentos dos últimos esboços.
 
 
tagline Trabalho que tece o futuro traduz a essência de Americana e facilita a compreensão do símbolo criado.

Para o lettering, buscava-se uma família tipográfica que tivesse traços semelhantes aos traços do símbolo, porém com um toque mais amigável. Depois de alguns testes, a família tipográfica que mais se aproximou destes requisitos foi a Pluto.

A escolha das cores foi simples e também levou em consideração o contexto histórico - a cidade recebeu o nome “Americana” pela grande concentração de americanos em um dos principais pontos de comércio da época, então as cores escolhidas derivam deste contexto.
 
 
__
Aplicações
 
Back to Top